quinta-feira, 12 de abril de 2012

ADOLESCÊNCIA e o SISTEMA REPRODUTOR

Nesta aula, após leitura do texto: Desenvolver-se não é só crescer, os alunos identificaram as estruturas do Sistema Reprodutor com o auxílio do livro.




Foi apresentada uma pequena explanação sobre a fecundação, a liberação dos milhares de espermatozoides ao encontro do óvulo. O local onde ocorre a fertilização e a implantação da célula-ovo que vai gerar o embrião -  feto (tuba uterina e útero) e  o nascimento do bebê.

Em algumas turmas (as que tem alunos maiores) debatemos sobre a gravidez na adolescência e os problemas enfrentados pela gestante e pelo papai, principalmente nos aspectos financeiros e educacionais (os alunos acham que seria difícil continuar estudando). 


A puberdade é um período em que ocorrem mudanças biológicas e fisiológicas. É neste período que o corpo desenvolve-se fisica e mentalmente tornando-se maduro e o adolescente fica capacitado para gerar filhos. Ela não deve ser confundida como sinônimo da adolescência visto que a puberdade faz parte da adolescência.

O marco principal da puberdade para os meninos é a primeira ejaculação, que ocorre em média aos 13 anos. Para as meninas, é o inicio da primeira menstruação, que o ocorre entre os 10 e 13 anos.

A puberdade também mexe com o emocional dos adolescentes e também em seu comportamento, principalmente em seu desejo sexual. Tanto no menino quanto na menina, não proporciona apenas mudanças físicas mas, sobretudo, psicológicas. As alterações hormonais despertam a sensibilidade sexual e, consequentemente, é neste período que muitos adolescentes começam esporadicamente a ter relações sexuais.

ÁRVORE GENEALÓGICA - Escrever o nome do pai, da mãe e dos seus irmãos e irmãs descendentes deste casal.




CONSTRUIR TABELAS E GRÁFICOS COM O NÚMERO DE FILHOS DAS MÃES DE CADA TURMA.

Para marcar a construção do primeiro gráfico oficial, utilizou-se papel milimetrado.







Em uma das turmas, há uma mãe que teve 8 filhos, uma que teve 6, quatro que tiveram 5,  cinco que tiveram 4, uma que teve 3 e duas que tiveram 2 filhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário